Culto do Evangelho no Lar

Evangelho no lar
Culto do Evangelho no Lar
Significado: o Culto do Evangelho no Lar não é nenhuma invenção do Espiritismo, mas uma prática ensinada pelo próprio Mestre Jesus, que se reunia com os apóstolos e seguidores, em torno dos sagrados escritos. Conhecido também como Culto Cristão do Lar, o estudo do Evangelho é, ao mesmo tempo, um encontro fraternal do qual participam os espíritos familiares e demais interessados no progresso moral do grupo, é uma prática cristã que a Doutrina Espírita recomenda como recurso poderoso contra a obsessão, de grande alcance na limpeza e higiene espiritual do lar. É um canal de comunicação com Jesus e sintonia com os bons espíritos.
Porque fazer: o Estudo do Evangelho no Lar abre as portas da nossa casa aos benefícios espirituais, conduzindo-nos a uma compreensão racional dos ensinamentos do Cristo, levando-nos ao esclarecimento e à aceitação de tê-los como roteiro seguro para nossas vidas. Ajuda-nos a superar as dificuldades no lar e fora dele, acendendo-nos a luz da compreensão e da paciência. Modifica o padrão vibratório dos nossos pensamentos e sentimentos, formando a defesa magnética da nossa casa, impregnando o ambiente espiritual das energias positivas que desestimulam toda ação maléfica. É uma verdadeira segurança espiritual que passa a funcionar em benefício de todo o grupo. Além da ajuda que essa prática proporciona ao progresso espiritual de todo o grupo familiar, estende a caridade aos vizinhos e a quantos se sintam também estimulados a mudar com o nosso exemplo, beneficiando muitos espíritos tanto encarnados como desencarnados com essa fonte de luz!
Observações: podemos colocar em um papel todos aqueles que necessitam de ajuda, de um lado os nomes dos encarnados e de outro dos desencarnados, depois é só colocar as mãos sobre o papel enviando pensamentos de amor e de luz, solicitando aos espíritos protetores que auxiliem a todos os necessitados.
Quando não pudermos estar presentes no Evangelho, devemos mentalizar o local no horário estipulado e agradecer aos Espíritos que estiverem presentes na realização do Evangelho.
Ex: “Agradeço aos Espíritos que estão presentes nesse momento no Evangelho no Lar, pela realização do mesmo, não posso estar presente em matéria, mas me faço presente em pensamento e espírito! Assim Seja Graças a Deus”
Vibrações: este é o momento de muita importância da reunião. Lembremos das palavras de Jesus: “Vós sois Luz (…) podeis fazer o que eu faço e muito mais”. Jesus estava se referindo à potencialidade do Espírito, ao poder da mente quando canalizada para o bem, quando passamos para a condição de doadores. É um exercício de doação usando nossa energia acionada pela vontade. O valor da vibração está no impulso mental que é dado, na vontade firme e sincera de querer ajudar, na dedicação e amor aos semelhantes, acreditando no poder da fé, na fé raciocinada.
Lembrando as palavras de Jesus e sua profunda sabedoria, quando, sentindo as nossas necessidades, ensinou: -”O que quer que seja que pedirdes em oração, credes que obtereis” (Marcos, XI, 24).
Como fazer:
1. Escolha o dia da semana e à hora, que deverá permanecer sempre os mesmos.
2. Escolha o local, certifique-se que todos os aparelhos eletro-eletrônicos estejam desligados.
3. Coloque uma jarra com água sobre a mesa, para fluidificação.
4. Sentar-se à mesa sem alarde e sem barulho.
5. Fazer a prece de abertura pode ser uma prece pronta ou espontânea, o importante é o sentimento de fé e confiança na Proteção Divina.
6. Solicitar a Itaporã e Brogotá (fraternidade de vigilância, proteção e repressão dos agentes do mal) que façam a limpeza do ambiente.
7. Solicitar auxílio ao Mestre Jesus, ao Mentor da Casa, ao Nosso Mentor Pessoal (anjo da guarda), a Fraternidade dos Humildes que fluidifique todas as águas da casa (fraternidade da cura, do equilíbrio espiritual e do aprendizado) e a todas as Fraternidades que estejam presentes.
8. Ler em voz alta um trecho do Evangelho Segundo o Espiritismo, escolhido ao acaso ou previamente programado para leitura em sequência.
9. Comentar com palavras próprias o trecho lido, os demais integrantes poderão também comentar, caso o desejem.
10. Enviar vibrações de amor a todos: planeta/ natureza/ todos encarnados e desencarnados/ nossa casa/ nossa família/ doentes/ etc.
11. Efetuar a prece de encerramento (qual preferir) e agradecer ao Mestre Jesus, ao Mentor da Casa, ao Mentor Pessoal (anjo da guarda), a todas as Fraternidades que se fazem presentes, aos irmãos encarnados e desencarnados que estejam presentes, agradecendo a visita de amor e a sustentação que nos foi dada, durante este Evangelho, e pedindo para que possamos estar todos juntos na próxima semana para mais uma Reunião Evangélica neste lar.
12. Beber a água.